»
»
»
Bulldog Inglês

GUIA DE RAÇAS
Bulldog Inglês

Neste guia você vai encontrar:

Excelente companheiro para toda a família

CBKC - Grupo 02

Cão de porte médio, reconhecido por seu pelo macio e estatura poderosa.

Ele pode até ter cara de mau, mas o Bulldog inglês é, na verdade, um cãozinho super afetivo que adora demonstrar seu amor por toda a família. Com o passar dos anos, sua personalidade sofreu algumas alterações e, hoje em dia, ele possui um temperamento calmo e é completamente dócil.

Sua aparência pode até insinuar que ele esteja bravo ou que seja feroz, mas, apesar de possuir membros robustos e bem musculosos, o Bulldog – como também é chamado – usa toda essa força para se divertir em brincadeiras com seus tutores.

Condição física

Famoso por suas dobrinhas enrugadas por todo o rosto, esse animalzinho possui pernas posteriores maiores que as da frente. Mas, mesmo com essa característica, ele se dá super bem nas atividades diárias.

Falando nisso, embora o cãozinho dessa raça demonstre ser muito brincalhão, é necessário tomar cuidados para manter seu condicionamento físico sempre em dia. Por conta da sua estrutura, tanto o Bulldog inglês macho quanto a fêmea precisam de exercícios regulares, apesar da raça não possuir tendência à obesidade.

Expectativa de Vida

Expectativa de Vida do Bulldog Inglês

Média de Altura

Média de altura do Bulldog Inglês

Média de Peso

Média de peso do Bulldog Inglês

Nível de Fofura

Nível de fofura do Bulldog Inglês

Características

É adaptável?

Requer atenção?

Apartamento?

Late muito?

Gosta de gatos?

Gosta de crianças?

Gosta de cães?

Precisa exercitar?

É espaçoso?

Fácil tosar?

Problemas saúde?

É inteligente?

Gosta de brincar?

Cai muito pelo?

É sociável?

É amigavel?

É territorialista?

Fácil de treinar?

É cão de guarda?

É friorento?

É calorento?

Rações para Bulldog Inglês

Destaques e curiosidades

Esse cãozinho da cara achatada se apega rapidamente a sua família humana, além disso, é uma espécie bem espirituosa, divertida e que ama brincar com crianças – principalmente o Bulldog inglês filhote. Mas, conforme cresce, fica mais calmo e prefere apenas deitar e ganhar o carinho do tutor.

Em 1630, essa raça era bastante usada em combate com touros e rinhas de cães, por isso, era chamada de "Bull-baiting" – em português, “Isca de Touro”. Mas, quando as lutas foram proibidas, esse cachorro quase foi extinto. Anos mais tarde, sua criação voltou a ativa e ele recebeu o nome de Bulldog.

É impossível resistir a esse bichinho, tanto que ele já conquistou artistas nacionais e internacionais. Por aqui, a atriz Priscila Fantin já mostrou a inteligência do Chico, quando seu amigão participou de uma competição na TV. Enquanto, em Hollywood, astros como Adam Sandler e Brad Pitt também se encantaram pelo Bulldog inglês.

Apesar de contar com pelos curtos, o Bulldog Inglês é conhecido por suas dobrinhas espalhadas por todo o corpo. Para evitar irritações ou alergias na pele, o ideal é que o tutor limpe frequentemente essas ruguinhas. O mais indicado é usar produtos específicos para a higienização e secá-las bem com gaze.

Bulldog Inglês guia raças

História

Origem

Os primeiros registros de raças semelhantes ao Bulldog estão datados na década de 1630. O que se sabe é que surgiu na Grã-Bretanha e era bastante utilizado como cão de briga, por isso, ficou conhecido como "bandog". Depois de passar por grandes mudanças de personalidade, apenas em 1835, começou a ser criada no modo como conhecemos hoje.

Antepassados

Pouco se sabe sobre os antecedentes do Bulldog Inglês, porém, o que alguns pesquisadores apontam é que a raça descende dos antigos Mastiffs originários da Ásia, que foram trazidos para o Ocidente. Mas, de acordo com outro grupo de historiadores, a raça se originou de uma espécie já extinta e que era conhecida como Alaunt.

Pelo mundo

Mas, como esse cãozinho chegou a Europa? De acordo com historiadores, a espécie foi levada pelos antigos nômades às terras europeias. Anos mais tarde, em meados de 1800, a raça também foi levada aos Estados Unidos, onde, em 1886, um cãozinho da espécie foi registrado no American Kennel Club.

Variações do Bulldog

Após ser registrado no AKC, os americanos decidiram que a variação inglesa da raça não era um padrão para o país. Foi então que, em 1894, desenvolveram o Bulldog Americano. E desde então, já temos conhecimentos de quatro tipos de Bulldogs, sendo as outras duas: o francês e o campeiro – um brasileiro!

Bulldog Inglês: um pet muito especial… e cabeçudo!

Você sabia que o Bulldog Inglês possui algumas particulares bem interessantes? Pois é! Para começar, esse cãozinho não pode nadar. Acontece que sua cabeça é bem grande, enquanto seu dorso e pernas são mais curtinhas, por isso, o corpo limita sua possibilidade de não se afogar.

Também é por conta do tamanho da cabeça que a fêmea dessa espécie apresenta dificuldade quando vai dar à luz aos seus filhotinhos. Por isso, na grande maioria das vezes, ela precisa ser submetida a cesariana.

Bulldog Inglês veterinário guia raças

Características físicas

Excelente cão de companhia, o Bulldog Inglês tem porte médio e características bem peculiares. O principal é, com certeza, a pele enrugada por todo o corpo. Mas, outras partes também chama a atenção. Os olhinhos, por exemplo, são bem separados e redondos com uma forte tonalidade escura.

Já as orelhas estão localizadas bem no alto do contorno craniano e distantes dos olhos. Por fim, sua pelagem tem diferentes tonalidades e apresenta variações de vermelho, fulvo, marrom claro, branco e malhado. Já as cores fígado, preto e preto com castanho não são muito comuns entre os tutores.

Conheça rações para Bulldog Inglês

Personalidade

Depois de passar por uma grande mudança de personalidade, mais ou menos em 1860, o Bulldog Inglês se tornou um cãozinho muito mais dócil e afetuoso. Dessa forma, ele é bastante companheiro e tende a se apegar bem fácil aos seus tutores.

O pet ama um cafuné e ficar juntinho da sua família humana. Porém, em alguns momentos ele também irá querer brincar bastante, então, aproveite muito esse tempo com seu amiguinho de quatro patas.

Convivência

O Bulldog Inglês tem um temperamento mais calmo e reservado, portanto, não costuma latir muito. O bichinho também se adapta super bem em apartamentos ou casas com espaços pequenos. Além de super amável, ele se dá bem com famílias que tenham crianças pequenas.

Algumas vezes, contudo, ele pode estranhar a companhia de outras raças caninas. Além de apresentar algum comportamento mais teimoso e não aceitar bem as orientações feitas com vozes de comando do tutor. Nesses casos, o ideal é ter paciência e gentileza na hora de educá-lo.

Socialização

Sem muito segredo, o processo de socialização do Bulldog Inglês precisa começar quando ele ainda é um filhotinho, dessa forma, fica bem mais fácil instruí-lo. Isso porque, o cãozinho dessa raça é um pouco cabeça-dura e pode apresentar resistência a autoridade do tutor.

O Bulldog também é bastante inteligente e, portanto, acha que consegue fazer tudo do seu próprio jeito, o que faz dele um cachorrinho bem independente. O ideal é que os treinos de adestramento sejam feitos em períodos mais curtos e sem exigir muito do pet.

Saúde e Bem-estar

Escovação dos pelos

Por possuir uma pelagem mais fina e curta, as recomendações de higienização para o cãozinho dessa raça são apenas escovações semanais. Não é necessário tosar o animalzinho. Por fim, saiba que com o cuidado necessário, a queda de pelos desse bichinho acontece apenas nas épocas certas e de forma controlada.

Escovação dos Pelos do Bulldog Inglês

Higiene

Alguns cuidados são essenciais para manter a qualidade de vida e o bem-estar do seu Bulldog Inglês. Lembre-se de manter uma rotina regular de banho e de dar uma atenção especial às dobrinhas. É fundamental secá-las bem, aliás, o recomendado é que o tutor passe diariamente um pano umedecido nas ruguinhas no rosto do cãozinho.

Para terminar, se mesmo com todos esses cuidados você notar a presença de pequenos pontos de irritações e feridas entre as dobras do seu amiguinho, consulte o médico-veterinário e siga todas as suas orientações para um tratamento mais eficaz.

Mantenha uma frequência de escovação em seu bichinho desde filhote e procure escovar os dentes do Bulldog Inglês pelo menos de duas a três vezes por semana. Se possível, tente fazer diariamente. Assim, você remove restos de comida, bactérias e evita o acúmulo do tártaro.

Acostume seu Bulldog Inglês desde cedo a manter uma rotina de cuidados com as unhas. O ideal, inclusive, é cortá-las de uma a duas vezes no mês. Dessa forma, você evita que elas fiquem grandes e acabem machucando ou incomodando seu amigão!

Cuidados com a saúde do Bulldog Inglês

Por conta da sua estatura, o cãozinho dessa raça pode apresentar alguns problemas de saúde cardíacos e dermatológicos, além da displasia coxofemoral e de ter dificuldade para respirar. Portanto, é fundamental consultar o médico-veterinário regularmente e ficar atento a qualquer sinal de que algo não vai bem com seu amiguinho.

Cuidados Bulldog Inglês

Higiene e Limpeza para Bulldog Inglês

Alimentação

Ofereça apenas alimentos que sejam fabricados com ingredientes repletos de vitaminas, fibras e minerais que irão ajudar no desenvolvimento e fortalecimento do Bulldog Inglês. Além disso, lembre-se de manter o comedouro e o bebedouro sempre limpinhos e com comida e água fresquinha. Por fim, sirva apenas a porção diária recomendada para o pet.

Acompanhamento

Para garantir que seu companheiro de quatro patas esteja sempre saudável, o ideal é levá-lo frequentemente ao veterinário. Mesmo que seja apenas para consultas cotidianas. Dessa forma, o especialista também poderá estar atento às frequências de vacinação e vermifugação do pet.

Assim, você mantém as vacinas em dias e, ainda, oferece medicamentos preventivos contra pulgas e carrapatos. E, pronto! Assim seu bichinho estará seguro e livre de parasitas e vermes, que podem ser transmissores de doenças perigosas!

Filhotes

Filhotes

Nunca é fácil estar em um lugar novo, totalmente diferente do que estamos acostumados, não é mesmo? Assim também é para um filhote de Bulldog Inglês! Por isso, nos primeiros dias de vida, é fundamental que manter atenção redobrada para esse novo membro da família.

E, mesmo que o cãozinho pareça tímido logo de cara, lembre-se de que ele costuma ser bastante brincalhão e apegado aos seus tutores. Então, proporcione muito carinho e passe bastante tempo com ele. Assim, você também vai ganhar sua confiança e será mais fácil de começar o adestramento.

Dicas de adestramento

Embora seja um pouco resistente e não aceite muito bem os comando de voz, o Bulldog Inglês pode sim ser treinado sem maiores problemas. O fato é que o tutor precisa ser paciente e ensinar tarefas mais simples primeiro para depois, gradativamente, passar a inserir novas lições na rotina do pet.

Você já sabe o quanto o Bulldog Inglês adora brincar, por isso, é recomendado fazer o treinamento com a ajuda de brinquedos e acessórios que estimulem o pet a seguir seus comandos. Dessa forma, o adestramento fica mais divertido e será difícil ele resistir aos ensinamentos.

Encontre produtos para Bulldog Inglês aqui na Petz

Agora que você já conhece mais sobre a personalidade do Bulldog Inglês e descobriu como cuidar para que ele tenha uma vida mais saudável e alegre, é só aproveitar as condições imperdíveis do Pet Shop online da Petz e comprar produtos e acessórios ideais para seu amiguinho!

Produtos mais comprados para os Bulldog Inglês

Premier Bulldog Ração Raças Específicas para Cães Adultos - 12kg
Premier Bulldog Ração Raças Específicas para Cães Adultos - 12kg
Comprar
Tapete Gelado Chalesco Pet Cooling Mat para Cães
Tapete Gelado Chalesco Pet Cooling Mat para Cães
Comprar
Ração Cibau Medium Breeds para Cães Filhotes de Raças Médias
Ração Cibau Medium Breeds para Cães Filhotes de Raças Médias
Comprar
Luva Chalesco Para Remoção De Pelos Mortos
Luva Chalesco Para Remoção De Pelos Mortos
Comprar

Raças relacionadas

Ver mais raças