Gato Exótico
Um gato de tantas misturas não poderia ter outro nome

Informações Gerais

O gato Exótico também é conhecido como Shorthair ou gato Exótico de pelo curto. Isso porque sua maior característica é ser muito parecido com a raça Persa. No entanto, tem uma diferença importante: seu pelo é bem curto e macio, semelhantemente ao de um urso de pelúcia.

A raça gato Exótico de pelo curto é muito tranquila, fácil de conviver e tem uma natureza doce e amável. Por isso, é fácil cuidar desse felino, principalmente para quem mora em apartamento. Por não ser tão agitado, ele prefere viver em ambientes internos, mas, mesmo assim, consegue se adaptar com facilidade a qualquer local.


Neste guia você vai encontrar:


Condição Física

Considerado de médio porte, o gato Exótico tem pernas curtas e um corpo forte e compacto. Os indivíduos dessa raça são bastante tranquilos e podem parecer até preguiçosos para brincar, mas isso se deve exclusivamente ao seu estilo de vida. Apesar disso, estão em constante movimento e possuem a bastante energia.

O Exótico de pelo curto está sempre alerta, balançando sua belíssima cauda curta, que tende a ser proporcional ao tamanho do seu corpinho. Suas pernas, apesar de serem pequenas, são fortes e grossas, dando mais estabilidade e força ao caminhar e saltar.



Peso

3 a 7kg

Expectativa de Vida

8 a
15 anos

Nivel de Fofura

alto

Características

É um gato

geralmente saudável
CUJA PELAGEM É FÁCIL DE CUIDAR
QUE GOSTA DE BRINCAR
QUE MIA MUITO
Foto

SE RELACIONA BEM?

com crianças
com sua família humana
com estranhos
com outros pets
Foto

Rações para Gato Exótico

Destaques e curiosidade

Introdução

Mesmo sendo muito afetuoso, não espere que o gato Exótico vá clamar por seus carinhos. Ele dará o recado de que quer atenção por meio de seu olhar profundo e meigo; cabe ao tutor captar os sinais que o felino transmite para deixá-lo ainda mais feliz.

Se engana quem pensa que as fêmeas são mais carinhosas que os machos da raça Exótico. Enquanto os gatinhos querem sempre estar perto dos tutores, as gatas são mais independentes.

Quando a raça do gato Exótico foi criada, a intenção era de tornar o American Shorthair um felino de pelos longos. No entanto, o que aconteceu foi exatamente o contrário: um gato com pelos curtos, macios e felpudos.

O gato Exótico é o segundo mais querido nos Estados Unidos, seu país de origem. Ele fica atrás apenas do seu quase irmão gêmeo, o Persa.

Gato Exótico guia raças

História do Gato Exótico

Origem

Como dito anteriormente, o Exótico gato foi criado nos Estados Unidos, na tentativa de que o American Shorthair tivesse pelos longos, como os da raça Persa. Com a mistura dos dois tipos, o que aconteceu foi o contrário do esperado. O Exótico manteve a aparência dos Persas, porém, sua pelagem ficou bem diferente: densa e curtinha.

Aceitação

Com o resultado da mistura, os criadores do American Shorthair não queriam aceitar uma nova raça. Foi preciso que a juíza Jane Martinke, da CFA (The Cats Fancier’s Association) sugerisse o reconhecimento da nova espécie de gato.

Reconhecimento

Depois de serem aceitos, na década de 60, a CFA estabeleceu uma classe para os gatos que fossem resultado da mistura entre Persas e American Shorthair: os Exóticos. Já no ano de 1979, a raça do gato Exótico ganhou seu reconhecimento no campeonato da TICA (The International Cat Association).

Cruzamentos

O gato Exótico nasceu do cruzamento entre as raças Persa e American Shorthair. Mas, no ínicio, eram aceitas também as misturas entre Burmês e Persa, e Russo Azul e Persa. Hoje, é permitida apenas a mescla entre Persas e Exóticos para a perpetuação da espécie.

Características físicas

O traço que mais chama a atenção no gato Exótico adulto são seus olhos grandes e arredondados, que dão uma expressão doce. Em sua cabeça bem redondinha, estão orelhas bem pequenas e com as pontas arredondadas. Para completar o rosto, o nariz é curto e com traços leves.

O corpo é robusto e forte, com pescoço e pernas grossas sobre patas redondas e firmes. Tudo isso fica sob um pelo macio e denso, como uma pelúcia, o que o torna muito fofo. Todas as cores de pelos e olhos são encontradas nos felinos dessa raça, com isso, há o gato Exótico preto, cinza, branco, etc.


Personalidade

Um gato muito silencioso e também muito carinhoso e gentil: esse é o tipo de personalidade do gato Exótico. Ele adora ser acariciado por seus tutores, no entanto, não vai implorar por isso. Além disso, esse gatinho costuma seguir o tutor em qualquer lugar da casa. Afinal, são verdadeiros companheiros de seus familiares.

Esses gatos são fáceis de lidar e adoram crianças, mas não acompanham muito as brincadeiras delas, já que preferem brincar sozinhos. Com estranhos e outros pets, eles também não criam problemas. O gato Exótico é bem tranquilo, característica herdada dos Persas, mas uma diferença entre eles é que os Exóticos demoram mais para amadurecer.

Saúde e bem-estar

Escovação dos pelos

Por não ter a pelagem como a dos Persas, cuidar do pelo do gato Exótico é mais fácil. Uma escovação rápida diariamente ajuda a evitar o emaranhado de nós. Com essa limpeza, os pelos mortos são removidos, deixando a pelagem mais brilhante e saudável.

Higiene

Como a maioria das raças de gatos, o Exótico não exige uma grande frequência de banhos. Isso pode ser feito mensalmente sem problemas. O importante é se atentar à limpeza dos cantos dos olhos desse felino, que deve ser realizada diariamente. E isso deve-se ao fato de que os Exóticos costumam sofrer com lágrimas em excesso.

Cuidados com a saúde do gato Exótico

Os gatos Exóticos sofrem com doenças que, na maioria das vezes, estão relacionadas ao seu formato do rosto e estrutura facial. Inclusive, os que possuem nariz mais achatado podem ter a respiração barulhenta ou dificuldade para respirar.

Outras doenças comuns na raça são: seborreia,, excesso de lágrimas, má oclusão dentária, olho de cereja, sensibilidade ao calor e doença renal policística. Por isso, o acompanhamento com o veterinário faz toda a diferença para a saúde do gato Exótico, pois, assim, qualquer enfermidade pode ser detectada no início e tratada rapidamente.

Corte das unhas

Para que as unhas não fiquem desconfortáveis para o pet e ele acabe machucando a si ou aos tutores, é importante cuidar delas! Não as deixe ficar em um tamanho que incomode o gato. O corte deve ser feito a cada 15 dias, para garantir, assim, o bem-estar do bichano.

higiene e limpeza para Gato Exótico


Gato Exótico

A alimentação do gato Exótico é simples e básica como a de qualquer raça. O que ele precisa é de alimentos que sejam saudáveis e que atendam às necessidades nutricionais que ele tem em cada fase da vida.

A quantidade e o tipo de alimento variam de acordo com o peso, o estilo de vida e o porte do seu bichano. Escolher a ração ideal é importante, por isso, converse com o veterinário para decidir qual a melhor opção para o pet. Além disso, lembre-se de sempre deixar água à vontade para a hidratação do seu Exótico.

O acompanhamento com o médico-veterinário é fundamental durante toda a vida do gato Exótico. Além de cuidar da saúde geral do seu pet, o especialista pode indicar a alimentação ideal, produtos de cuidados e higiene e muito mais. Assim, o gato ficará saudável e bem cuidado!

Outro cuidado importante é com a carteirinha de vacinação do felino. Para prevenir doenças comuns que atingem os animais de estimação, é importante manter as vacinas em dia. Não se esqueça de conferir o documento periodicamente e acompanhar as campanhas de vacinação.

Para receber um filhote de gato exótico em casa é preciso preparar o ambiente. Lembre-se: ali será o lar do bichinho de estimação, ou seja, é importante que ele se sinta confortável e acolhido. Com isso, todos da casa devem estar preparados para dar muito amor ao novo integrante da família.

Durante 12 meses o gatinho ainda será considerado filhote. Não se esqueça de escolher junto ao veterinário os alimentos apropriados e oferecer a quantidade ideal de comida ao filhotinho.

Dicas de adestramento

Sobre a raça

A raça Exótico é muito inteligente e curiosa e se diverte com pouca coisa. Então, os tutores não terão muita dificuldade para educá-los, pois gostam de observar e estudar movimentos. Por isso, atividades que os faça espiar e copiar a movimentação serão as mais proveitosas.

Truques

Apostar em brincadeiras que envolvam alguns brinquedos, como bolinhas, pode ser mais apropriado. Coisas que chamam a atenção do gato Exótico vão deixá-lo entretido e fica mais fácil adestrá-lo. Brincadeiras de perseguição também podem ter ótimos resultados.

Raças relacionadas

Os melhores produtos para British Shorthair estão na Petz!

Pronto, agora você já sabe tudo sobre o British Shorthair e pode adotar um gato da raça. O melhor é que aqui, no Pet Shop on-line da Petz, o tutor monta todo o enxoval do bichinho. Aproveite nossa variedade de utensílios, rações e até medicamentos a preços imperdíveis!