Ragdoll
Um bichano calmo e afetuoso

Informações Gerais

Não é à toa que cada vez mais tutores tenham interesse em um gatinho feliz, carinhoso e super apegado à família. Claro que estamos falando do Ragdoll, um bichano de grande porte e pelagem fofinha, que tem feito muito sucesso entre os gateiros de plantão.

Com todos esses atributos, fica fácil perceber que se trata de um excelente mascote, não é mesmo? Se você procura um novo bichinho para lhe fazer companhia, não deixe de conferir o guia que preparamos sobre a raça. Acompanhe!


Neste guia você vai encontrar:


Condição Física

Um fato muito interessante é que o Ragdoll é uma das maiores raças de gato. O animal tem corpo longo e ossos fortes. Bem calminho, é um felino que prefere ficar mais no chão do que nas atividades de salto e escalada — brincadeiras muito comuns entre os bichanos.

Por falar em atividades, vale ressaltar que o animal não é dos mais ágeis. Portanto, os exercícios e brincadeiras do dia a dia são mais equilibrados, sem demandarem tanto esforço do peludo. Outro fator que chama a atenção é que pet leva até quatro anos para atingir a maturidade total.



Peso

Peso

Expectativa de Vida

Expectativa de Vida

Nivel de Fofura

Nivel de Fofura

Características

É um gato

geralmente saudável
CUJA PELAGEM É FÁCIL DE CUIDAR
QUE GOSTA DE BRINCAR
QUE MIA MUITO

SE RELACIONA BEM?

com criança
com sua familia humana
com estranhos
com outros pets

Rações para Ragdoll

Destaques e curiosidades

Introdução

Já parou para pensar que toda raça de gatinho tem algum ponto chamativo em sua história, comportamento ou personalidade? Com o gato Ragdoll não é diferente. A seguir, você fica por dentro de curiosidades acerca do felino!

A tradução livre da expressão “ragdoll”, do inglês, é “boneca de pano”. O apelido vem da mania que esse gato tem de ficar esparramado no colo do tutor, como uma boneca de tecido. Além disso, dizem que o nome tem a ver com sua musculatura, que é mais flácida que a dos demais bichanos.

Com seu jeitinho meigo e pelagem super fofa, claro que os Ragdolls conquistam qualquer um, até mesmo as celebridades. A cantora americana Taylor Swift, por exemplo, tem um peludo da raça chamado Benjamin Button. Já a integrante da girlband coreana Blackpink, Lisa, deu o nome de Luca ao seu mascote.

A famosa rixa entre cães e gatos é, na maioria das vezes, bastante exagerada pelas pessoas. Um bom exemplo disso é que os gatos dessa raça se dão muito bem com os nossos colegas caninos. Além do mais, os felinos são frequentemente comparados aos cachorros por conta de seu forte apego à família humana.

Kuvasz guia raças

História do Ragdoll

Origem

A história do Ragdoll possui diferentes teorias. Contudo, nenhuma discorda de seu desenvolvimento no início da década de 1960, pela americana Ann Baker. A gata Josephine foi uma das primeiras a fazer parte do processo de cruzamento para obtenção da raça.

Primos

Como acontece em todo programa de cruzamentos com felinos, outras raças fazem parte da história do Ragdoll. Estima-se que gatos como o Burmês, o Birmanês, o Seal Point e até mesmo o Persa foram utilizados nesse processo.

Padrões

A raça possui certos padrões de tamanho, pelagem e tonalidades, oficializados ao longo do tempo por associações especializadas em raças felinas. De todo modo, é possível encontrar o Ragdoll em cores diferentes das determinadas pelas organizações.

Reconhecimento

Após toda a trajetória de cruzamentos e padronizações da raça, o Ragdoll passou a fazer parte da lista de raças reconhecidas por diferentes associações internacionais de gatofilia. Entre os principais órgãos estão CFA, FIFe e TICA, além de clubes de criadores.

Características físicas

Como dissemos, o bichano Ragdoll possui porte grande, sendo um dos maiores entre os felinos. Os machos podem pesar de 6 a 9 kg, já as fêmeas são proporcionalmente menores, pesando entre 4 e 6 kg. Mas não é só esse traço que caracteriza nosso peludão!

A raça também é famosa por sua pelagem sedosa e macia. As cores são variadas, por isso, é possível encontrar desde o Ragdoll cinz (seal) aos de tons como azul, marrom, vermelho, lilás e creme. O animal tem olhos azuis em formatinho oval. Uma graça, né?


Personalidade

Com certeza, você vai adorar ter um gatinho dessa raça. Afinal de contas, não é difícil achar um Ragdoll de características tão encantadoras, como as que descrevemos. O melhor é que a mesma doçura também faz parte da personalidade do bichano.

Trata-se de um gato relaxado e alegre. A raça tem comportamento quieto, amoroso e descontraído. O pet se dá bem com crianças e demonstram carinho imenso pela família. Além disso, convive tranquilamente com outros animais de estimação, inclusive cachorros.

Saúde e bem-estar

Escovação dos pelos

Por mais que possua uma pelagem bonita, o gatinho dispensa cuidados excessivos com escovações. De todo modo, o casaco deve ser escovado ou penteado pelo menos uma vez por semana, com um pente de aço apropriado para o animal.

A prática de escovar os pelos do bichinho é fundamental, pois remove o acúmulo de fios mortos pelo corpo, principalmente em épocas de derramamento. Além disso, o cuidado com a pelagem impede emaranhados que podem incomodar o mascote.

Higienes

Os cuidados com a higiene do seu bichinho são essenciais, afinal de contas, impactam diretamente na saúde e no bem-estar do animal. Por isso, um bom tutor deve deixar de lado aquela lenda de que gatos não gostam de água e não podem tomar banho.

Defina uma rotina de banhos com a ajuda do veterinário para que os cuidados estejam de acordo com a pelagem e os hábitos de autolimpeza do felino. Não se esqueça de manter a caminha e a caixa de areia do bichano sempre higienizadas!

Cuidados com a saúde do Ragdoll

De modo geral, a raça Ragdoll tende a ser bastante saudável e tem boa expectativa de vida. Entretanto, como todo pet, o animal possui predisposição a certas doenças genéticas, como dificuldades cardíacas e a doença do rim policístico.

Casos de obesidade, problemas urinários e má digestão também podem ocorrer, assim como em outras espécies. Para que seu bichinho não sofra com doenças genéticas ou não, é importante manter a rotina de check-ups com o veterinário sempre em dia!

Cortar unhas

Um dos diferenciais desses gatos é que eles geralmente brincam sem estender as garras. Isso pode ser bom para proteger seus móveis dos famosos arranhões, porém também pode resultar no crescimento inadequado das unhas do bichano.

Portanto, o tutor deve manter as unhas de seu Ragdoll adulto ou filhotinho sempre bem aparadas. Muitos gateiros cortam as unhas dos pets em casa, com alicates apropriados para a tarefa, mas você também pode optar por serviços especializados, como o da Petz!

higiene e limpeza para Ragdoll


Ragdoll

Já chegamos a explicar que os Ragdolls possuem certa propensão à obesidade. Para evitar a situação, o tutor precisa proporcionar uma alimentação balanceada e nutritiva ao pet. Converse com o veterinário do animal e defina, com a ajuda dele, a melhor ração, petiscos e demais detalhes da dieta do bichano!

Para que a saúde do seu melhor amigo permaneça sempre impecável, é essencial levá-lo regularmente ao veterinário. Além das avaliações comuns de qualquer pet, o profissional pode pedir exames preventivos e descobrir possíveis probleminhas a tempo de tratá-los.

O acompanhamento é importante desde a fase do Ragdoll filhote. Assim, quando chegar em idade adulta, o bichinho já estará acostumado aos check-ups de rotina!

Antes mesmo de receber o seu filhote de Ragdoll, é importante se preparar para receber o bichinho. Isso significa que o ambiente em que o pet vai ficar deve ser adaptado e acessível, com proteções contra acidentes e acessórios confortáveis.

Quando adotar o peludinho, não se esqueça de verificar se ele está devidamente vacinado, com a carteirinha de vacinação atualizada. Outros cuidados, como a vermifugação e controle de aparecimento de pulgas e carrapatos, também são essenciais!

Dicas de adestramento

Sobre a raça

Super inteligente, a raça de gato Ragdoll pode ser adestrada sem muitas dificuldades. O tutor pode escolher entre um processo de aprendizagem caseiro, com truques básicos, ou o adestramento profissional. O ideal é que as atividades proporcionem uma vida mais feliz ao felino.

Truques

As lições do bichano são variadas. O tutor pode ensiná-lo a fazer as necessidades em local adequado, utilizando caixas de areia ou banheirinhos apropriados. Além disso, os pets da raça aprendem facilmente a ir até seus tutores quando chamados. Não é o máximo?

Raças relacionadas

A Petz tem os melhores produtos para seu Ragdoll!

Agora você conhece bem as características, comportamentos e cuidados do gatinho Ragdoll. O próximo passo é preparar um enxoval bem completo na hora de adotar o seu mascote. Aqui, na Petz, você encontra os melhores produtos para bichanos! Aproveite!